domingo, 27 de janeiro de 2013

Meu querido e falecido pônei…

 

Tem coisas que a vida nos tira, antes mesmo da gente beijar. pequeno raio de sol foi embora hoje, de forma trágica. Estou me sentindo traído, triste, inútil. Uma sucessão da fatos errados ocasionou o morte de meu cavalinho... O dia foi tenso. Acabei de chegar da UPA (Posto médico)  depois de uma taquicardia dos demônios. Yolanda Campana me perdoa por minha incompetência de cuidar do presente mais lindo que você me deu.

Foto

(O acidente aconteceu no Sábado, dia 26/1/13)

2 comentários:

Felícia Volkweis disse...

Urha, não se lamente por isso. Certamente a culpa não foi sua - assim como ele também por algum motivo não deveria mais ser seu ou permanecer neste mundo.

Aceite e agradeça pelos dias que pôde admirá-lo.

Bjos!

Urha disse...

Felícia querida, eu fiquei muito mal porque foram tirar o cavalinho da minha propriedade sem meu consentimento, para levar para a casa de um irmão meu. Então duas coisas erradas: mexer no que estava quieto sem minha autorização e mexer de forma errada tendo consequências drásticas. super beijo, urha